5 de nov de 2013

Como escolher um bom terreno para compra

A escolha de um bom terreno deve ser realizada com tranqüilidade, analisando o propósito da compra, se é para investimento, construção comercial ou residencial. Depois disso deve se avaliar alguns critérios na compra do terreno.
Localização
A verificação do entorno do terreno é uma boa oportunidade de avaliar a localização do imóvel. Algumas análises podem ser descritas, tais como:
  1. Qualidade dos imóveis, verificando os tipos de edificações de madeira ou alvenaria;
  2. Ocupação de casas do local;
  3. Analisar se no entorna do terreno tem prédios ou sobrados, isto influenciará na diminuição da incidência solar e modificando o tipo de projeto a se realizar;
  4. Verificar a distância de algum centro comercial, como: farmácia, supermercado, shopping, bancos, cinema;
  5. Verificar distância de serviços básicos, como: hospital, colégios, universidades, creches, policia, ponto de ônibus, aeroportos e rodoviárias;
  6. Analisar a intensidade do trafego da rua;
  7. Distância de bares, comércio, salão de festas;
  8. Avaliar a distância para ou seu trabalho;
Inclinação do terreno
Procure escolher terrenos planos ou com aclives, pois são formações que auxiliam na criação de um projeto mais harmonioso e estético. Terreno com declive costuma enterrar a edificação e desvalorizam a casa.
Dimensão do terreno
Ao escolher um terreno, deve avaliar as dimensões frontais e longitudinais, procurando fachadas com no mínimo 10 ou 12 metros e laterais com 25 ou 30, para auxiliar na colocação de recuos laterais e frontais para aberturas de janelas que ajudarão a ventilação e iluminação da edificação.
Lei de uso do solo
A lei de uso do solo deve ser analisada na hora da compra, pois descrevem normas para utilização de um terreno, dando limitação e diretrizes para a construção de edificações, algumas normas estão descritas a baixo:
  1. Recuos frontais, laterais;
  2. Tipos de edificações, descriminação da quantidade de pavimentos;
  3. Área permeável mínima do solo, para construções;
  4. Dimensões mínimas para garagem e jardim de inverno;
  5. Taxa de ventilação e iluminação;
  6. Taxa de ocupação do solo.
Orientação solar
O terreno com a face voltada para o norte é mais fácil para a elaboração de um bom projeto arquitetônico que trará um maior conforto térmico e ambiental. Uma casa bem orientada auxilia a redução de problemas de saúde, umidade e falta iluminação.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 Comente aqui!:

Postar um comentário