23 de set de 2013

Pirataria chega à arquitetura na China

Cópia de um projeto da arquiteta Zaha Hadid está sendo construído no sul do país ao mesmo tempo em que o prédio original é erguido


Zaha Hadid, considerada uma das grandes estrelas da constelação da arquitetura de vanguarda, tornou-se também uma superestrela na China, onde seus projetos mais recentes irradiam desde as escolas e os estúdios de arquitetura de todo o país. Numa recente viagem a Pequim, 15 mil artistas, arquitetos e outros aficionados acorreram para ouvir a palestra que ela deu na inauguração do complexo futurista Galaxy Soho - apenas um dos 11 projetos que ela está realizando em toda a China.
Compartilhar:

5 motivos para contratar um Arquiteto!


1. Além do projeto de arquitetura em si, o Arquiteto está apto a elaborar e gerenciar também os projetos de instalação elétrica, hidráulica, esgoto, gás, estrutura e paisagismo.


2. Ter uma casa bonita, confortável e desenhada por um arquiteto como nas revistas de decoração não é só para milionários e celebridades.

3. O arquiteto pode fazer projetos completos de imóveis residenciais e comerciais ou efetuar reformas internas gerais ou de apenas alguns cômodos, além de cuidar de todos os detalhes da decoração, como combinar os tecidos de sofás com as cortinas.

4. Personalização: Cada projeto é um projeto, cada cliente é um cliente. O profissional faz o projeto de acordo com as necessidades, gostos e orçamento de cada cliente.

5. Fica mais barato: contratar um arquiteto pode garantir menor custo na realização de seu sonho.
Pense nisso antes de começar a construir ou reformar.
Compartilhar:

18 de set de 2013

Atribuições do arquiteto | Fórum da Construção

É preciso que se entenda que a contratação desse profissional é uma necessidade real, não é supérfluo! O projeto desenvolvido não apenas valorizará o ambiente ou a edificação em si, mas irá racionalizar o espaço, direcionando para o menor custo. Um projeto bem resolvido traz, além do bem estar e conforto, o retorno financeiro imediato, situação comprovada em edifícios comerciais e institucionais. 

É necessário enfatizar que a maior atribuição do profissional de arquitetura não consiste apenas na elaboração do projeto de interiores, nem tampouco de apenas solucionar no final da obra uma fachada que, esteticamente, não agradou o proprietário. 

O papel do arquiteto vem muito antes de tudo isso! Na verdade, esse profissional é responsável por toda a formação das idéias iniciais: desde a planta-baixa e fachada (o projeto arquitetônico em si), definição dos espaços externos (projeto de paisagismo) até, finalmente os internos (projeto de arquitetura de interiores). 

Na construção civil, o arquiteto não somente “complementa”, mas participa do planejamento direto: com a criação do projeto arquitetônico e a fiscalização da obra, em conjunto com o engenheiro, para certificar-se que está sendo executada conforme o planejado. 

Caso seja solicitado, o arquiteto poderá também fazer a administração da obra: cabendo a ele traçar o cronograma de execução, fazer orçamentos de materiais, pagamentos, contratação e organização da mão de obra especializada. É o primeiro profissional a ser procurado pelo cliente e deve acompanhá-lo até o final da obra. 

Na sociedade atual, o papel do arquiteto é o de “transformador”. O produto final de suas idéias torna-se um elemento cultural capaz de influenciar comportamentos, conceitos e até mesmo outras formas de manifestações artísticas. 

A principal função do profissional, ao conceber o projeto arquitetônico, é modificar a realidade dos espaços, edificados ou não. A arquitetura, portanto, é uma das manifestações mais representativas e simbólicas das atividades humanas em uma sociedade, é a expressão – de maneira bela, emocional ou racional – do modo como um povo pensa, age, sente e cria o seu mundo. 




Fonte:www.adrianalima.arq.br
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio