26 de mar de 2007

Salvador Shopping...

O Salvador Shopping está sendo construído na Avenida Tancredo Neves. A sua inauguração está prevista para o dia 24 de abril 2007. Ele será o maior shopping em área da cidade de Salvador. Na inauguração da primeira etapa, serão 263 estabelecimentos, 10 cinemas e espaço para jogos eletrônicos.

A obra inclui alterações viárias na região, que possui o maior fluxo de veículos de Salvador. Um novo viaduto foi construído sobre a Avenida Tancredo Neves. Além deste viaduto, serão construídas três passarelas no local.
A obra está sendo construída pelo grupo JCPM (João Carlos Paes Mendonça). Além do Salvador Shopping, está prevista a construção de mais dois grandes Shopping Centers na cidade: O Megacenter Salvador e o Shopping Paralela.

A maioria das pessoas pensam que o shopping é um local destinado à diversão e às compras! Temos como exemplo o Shopping Iguatemi, onde as lojas âncoras do 1° Piso são as mais populares; já no 3ºPiso as coisas são diferentes, os ambientes são mais seletivos. Todos o vêem como um lugar público, e não é bem isso que acontece. Assim será o possível destino do Salvador Shopping. As pessoas ainda estão alienadas ao que realmente irá ocorrer com esse empreendimento e suas consequências. Pra Frente Salvador!!!
Compartilhar:

22 de mar de 2007

20 de mar de 2007

"A Turca Louca"



Se há algum arquiteto que possa personificar esse blog, ele ou melhor ELA é Zaha Hadid! Uma iraquiana que tem soltado verdadeiras "bombas" na concepção arquitetônica.
Ela é antes de mais nada um exemplo de perseverança. Apesar de vencer vários concursos, as suas obras construidas são contadas a dedo. Foi a primeira mulher a ganhar o prêmio Pritzker entre outras condecorações.



"Evitando o dogmatismo, Zaha Hadid coloca em seus projetos a deformação, a justaposição e a estratificação, e introduz complexidade nos objetos arquitetônicos."

Links:
<


Compartilhar:

19 de mar de 2007

15 de mar de 2007

Casa Pré-fabricada

Maria Rita
Composição: Marcelo Camelo

Abre os teus armários
Eu estou a te esperar
para ver deitar o sol
sob os teus braços castos
Cobre a culpa vã
até amanhã eu vou ficar
e fazer do teu sorriso um abrigo

Canta que é no canto que eu vou chegar
Canta o teu encanto que é pra me encantar
Canta para mim
qualquer coisa assim sobre você
Que explique a minha paz
Tristeza nunca mais

Vale o meu pranto
que esse canto em solidão
Nessa espera o mundo gira em linhas tortas
Abre essa janela
primavera quer entrar
pra fazer da nossa voz uma só nota.

Canto que é de canto que eu vou chegar
Canto e toco um canto que é pra te encantar
Canto para mim qualquer coisa assim sobre você
que explique a minha paz
Tristeza nunca mais...

Compartilhar:

9 de mar de 2007

A força da cor

Imaginemos uma cidade monocromática, de qualquer cor, um conjunto edificado de uma única cor: as ruas, as edificações, tudo... É possível imaginar? Os diversos volumes que compõem as diversas edificações todos num mesmo tom, sem manchas, sem variações tonais... Tudo pintado absolutamente igual!
Pode estar parecendo um exercício mental, mas experimente mudar a cor, do rosa para o amarelo, do amarelo para o verde e assim por diante, pode ser qualquer cidade: Salvador, São Paulo, Paris, Nova Iorque, Xangai, qualquer uma mesmo! Conseguiu imaginar? Achou feio?

Agora vamos começar a manchar essa única cor com uma outra... Só uma... Não vá formar um arco-íris na sua mente, por favor! Uma edificação mais limpa, outra menos! Ou então imagine tons de uma mesma cor: edificações mais claras outras mais escuras. Consegue enxergar como as coisas começam a ficar mais claras? Como os edifícios começam a ressaltar sua volumetria, sua estética, uns em relação aos outros? Como a idade da própria edificação começa aparecer, mostrando sua época seu estilo, sua identidade?

Vamos então, começar a enxergar os edifícios de cores diferentes: um todo turquesa, outro vermelho, outro laranja! Podem ser cores quentes ou frias, mas cada edificação com sua cor... Começamos a notar melhor a paisagem, já vemos mais destacadas, numa vista área, as ruas: suas sinuosidades ou linearidades! Como os elementos começam a ser mais claros.

Não se aborreça! Mas imagine prédios com diversos volumes, texturas, materiais e cores... As mais diversas! Uns com duas, outros três, quatro, cinco, quantas cores você quiser que um edifício possua! Imaginou? Certamente sua cidade tornou-se um lugar marcante, os edifícios são distintos e as cores ressaltam suas formas!

Acredito que a cor é o elemento que mais impressiona os olhos, mais até que a forma ou a textura da edificação, de longe a percebemos e podemos até nos enganar com o estado real da edificação, sua forma, seus materiais... Podemos perceber a mesma edificação de diversas formas, dependendo da cor ou das cores dos materiais!

Repita o exercício, só que agora não use uma cidade, use uma edificação qualquer! Como ela muda dependendo da cor que possuí! Como você a percebe caso esteja branca, cinza ou preta, multicolorida! A cor tem força e nos fala tanto quanto a forma, ressalta as qualidades estéticas dos volumes e dos diversos materiais, impressiona! Observemos como a natureza é colorida e como os seus elementos possuem cores que distinguem uns dos outros.

Antes de uma arquitetura nos impressionar pela forma, o que primeiro nos chama atenção para esta é sua cor... uma caixa branca no topo de um edifício, é totalmente diferente de uma vermelha, mesmo que possuam a mesma forma e dimensões!

Blog:
http://dwd3.blogspot.com/2006_08_01_dwd3_archive.html
Compartilhar:

6 de mar de 2007

5 de mar de 2007

As leis da Arquitetura

AS LEIS DA ARQUITETURA
LEI DO LOTE ESTREITO: Em todos os lotes falta um metro de largura.
LEI DO TOPÓGRAFO: Dois levantamentos topográficos de um lote nunca são iguais. Se forem iguais, um topógrafo colou do outro e ambos estão errados. Corolário: Se existe um só levantamento este é confiável. Se existem dois...Nenhum é confiável.
LEI DO BI-PROJETO: O cliente que necessita ampliar a garagem e construir um grande edifício, somente construirá a garagem. Hoje em dia, se o cliente quiser fazer uma edícula com churrasqueira para depois construir uma piscina com uma casa na frente, mal conseguirá terminar a churrasqueira.
LEI DO CARTOON: Se um cliente chama seu anteprojeto de "desenhinho", ele não vai querer pagá-lo.
LEI DO GÊNIO IDIOTA: O cliente contrata você dizendo que acha você um gênio, na hora de pagar vai dizer que até o filho dele de 8, 9 anos faz desenhos melhores que os seus.
LEI DA CERÂMICA: Nenhuma cerâmica de 20 x 20 mede 20 x 20.
LEI DO CAMINHÃO: Sempre que se vai verificar uma entrega de materiais, dirão que "o caminhão já saiu para entregar"
LEI DO "NIGUÉM SABE": O cliente nunca sabe o que quer. Quando pensa que sabe o quer, certamente não sabe o que pode ter. O arquiteto tampouco sabe o que quer o cliente. O cliente nunca entende o que quer o arquiteto. Corolário: O projeto nunca reflete o que quer o arquiteto, nem o que quer o cliente.
LEI DA BUSCA: Não importa que seu projeto fique em um local escondido; se for ruim, todos irão encontrá-lo
LEI DO VIZINHO: Se no lote vizinho existe um edifício de "N" pavimentos, no seu terreno será permitido "N - 2". Se seu edifício tem "N" pavimentos, seu vizinho poderá construir "N + 2"
LEI DO PRONTO: Se um cliente solicita uma modificação de projeto, diga que é impossível de ser realizada: depois estude o caso.
LEI DO TEMPO A FAVOR: Demore a realizar o detalhamento e não será preciso faze-lo.
LEI DO EGOS: Se quer um bom projeto, utilize o material adequado.Se quiser que seja publicado, use tijolos de vidro.
LEI DO ELETRODOMÉSTICO: Todas as máquinas de lavar pratos são 5 cm maiores.
LEI DO TEMPO: A temporada de chuvas começa no dia em que se iniciam as escavações.
LEI DA CULPA: Não importa a causa: se algo dá errado no projeto o responsável é o arquiteto.
LEI DO AQUECEDOR: Para acomodar um simples aquecedor um closet deverá ser sacrificado.
LEI DA SATISFAÇÃO APARENTES: Se um cliente fica satisfeito:a) Não entendeu o projeto.b) Não pagou o projeto.c) O arquiteto se enganou.
LEI DA TOLERÂNCIA: "Modulação" é um sistema milimétrico para que os elementos fiquem mais ou menos parecidos.
LEI DA EMPREGADA DOMÉSTICA: Se o quarto de empregada está projetado para que caiba uma empregada, o apartamento é velho. Se a empregada não cabe no quarto, o apartamento é novo.
LEI DO CLIENTE-ARQUITETO: O cliente é um arquiteto que não sabe desenhar. Quanto mais caro o projeo, mais arquiteto é o cliente e mais desenhista é o arquiteto.
LEI DO MESTRE DE OBRAS: Os ângulos retos não existem.
LEI DO MESTRE DE OBRAS2: Curvas de alvenaria não têm raios.
LEI DO OLHÔMETRO: Um orçamento nunca é cumprido. Corolário: se um orçamento é cumprido, alguém cometeu um erro.
LEI DA MEMBRANA ASFÁLTICA: Se uma cobertura não tem goteiras, ...tenha paciência.
LEI DA FALSA ENTREGA: Se o carpinteiro chegou a tempo com os móveis, ele se enganou de obra.
LEI DA OFERTA: Se um tapete está em oferta:a) É rosa com verde e lilásb) Tem 2m2 a menos de que é necessário.c) Já foi vendido.
LEI DO "FICOU": Nas obras, as coisas não são feitas: elas ficam. Exemplo: "Ficou torcido", "Ficou curto", "Ficou torto"...
LEI DO CLIENTE FIXO: Se um apartamento foi construído em um local adequado, de tamanho adequado e a um preço adequado: a) O comprador que gosta do local e do tamanho, não tem dinheiro.b) O comprador que gosta do local e do preço, acha tudo pequeno.c) O comprador que gosta do tamanho e do preço, não gosta do local.d) O comprador que gosta do tamanho, do preço e do local... é você
LEI DO ÚLTIMO ESTRAGA: O último a executar qualquer serviço em uma obra estraga o serviço do anterior: o marceneiro estraga a pintura, o pintor estraga o piso, o piso estraga o reboco, e assim por diante.
LEI DO INEVITÁVEL: Sempre o último parafuso a ser colocado arrebentará um cano de água.
LEI DA INÉRCIA POR DETALHAMENTO: Quanto mais minuciosamente detalhado for um projeto menos os pedreiros vão entender e trabalhar.
LEI DO BEM QUE EU AVISEI: Não adianta o arquiteto que visita as obras para verificar a execução de seus projetos avisar que algo está sendo construído errado, ao contrário do que foi projetado, porque quando der errado, vão chamar o arquiteto, colocar toda a culpa nele, e perguntar por que ele não avisou nada antes.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio